Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

As formigas formam o grupo mais popular da classe Insecta. Esses insetos pertencem à ordem Hymenoptera, assim como as abelhas e as vespas, e fazem parte de uma única família (Formicidae), onde encontramos mais de 12.500 espécies descritas.

As formigas são insetos sociais. Elas vivem em colônias contendo uma grande quantidade de indivíduos. Algumas espécies de formigas possuem colônias com centenas de milhares de indivíduos. Cada membro da colônia tem uma tarefa específica que é indispensável para a sobrevivência da colônia.

Cada colônia de formiga contém duas castas básicas, ou tipos de indivíduos: os reprodutores (como as rainhas) que produzem os ovos dos quais a colônia obtém novos indivíduos e operárias que fazem todas as demais tarefas da colônia como: procurar alimentos, cuidar da rainha e dos filhotes, e defender a colônia de inimigos externos.

Algumas espécies de formigas possuem vários tipos de operárias que podem, muitas vezes, possuir deferentes tamanhos. Isto é chamado polimorfismo.

A reprodução ocorre quando a colônia está adulta e irá produzir reprodutores alados que sairão do formigueiro para acasalar e formar novas colônias. Em algumas espécies o acasalamento poderá ocorrer dentro do próprio formigueiro.

Logo após o acasalamento, os reis morrem e as rainhas vão para a terra, perdem suas asas e procuram o local para iniciar o formigueiro e colocar os ovos. Os músculos para voar, agora inativos, são quebrados e absorvidos pelo seu corpo para produzir alimento para seus filhotes.

Alguns tipos de formigueiros têm o início de forma diferente. Um grupo de operárias deixa a colônia com larvas e pupas e procuram um lugar para formar o novo formigueiro. Em colônias com mais de uma rainha, algumas rainhas podem ir junto com as operárias.

Muitas espécies podem ter apenas uma rainha. Porém, a maioria pode ter de 10 a 30 rainhas. Entretanto algumas espécies podem chegar a ter mais de 100 rainhas. O conhecimento de quando a espécie é de múltiplas rainhas é importante porque delineará o tipo de combate a ser feito. As formigas se desenvolvem através de uma completa metamorfose. Seu ciclo de vida consiste em ovos, larva, pupa e adulto. As primeiras operárias de um formigueiro são cuidadas pela rainha. Depois as operárias é que vão cuidar da rainha, dos ovos e das larvas que são produzidas.

Um formigueiro pode demorar dois ou mais anos para produzir reprodutores (rainhas e machos). Um formigueiro tem um complexo ciclo de alimentação. Alimentos líquidos e água são ingeridos diretamente pelas operárias. Os alimentos em partículas são carregados pelas operárias para a colônia. Estes alimentos são fornecidos às larvas para digeri-los. As larvas regurgitam o alimento digerido para as operárias que irão novamente regurgitá-lo para outras operárias, larvas, rainhas e machos. Este processo de troca de alimentos é que faz com que o processo de iscas seja tão eficiente no combate das formigas. 

Conheça mais